top of page

Animais exóticos mais comuns

Nos últimos tempos gerou-se a tendência de domesticar alguns animais exóticos. Esta tendência tem vindo a aumentar, isto porque são animais ideais para ter em apartamento uma vez que são mais pequenos, de pouca manutenção e não precisam de sair para passeios.


Abaixo apresentamos alguns dos animais exóticos mais comuns:


Furões


Os furões pertencem à família dos mustelídeos, o seu nome científico é Mustelapotorius furo.

É um animal descendente da doninha selvagem utilizado antigamente para a caça de coelhos, devido à sua morfologia alongada que o permitia entrar nas tocas e apanhá-los. Actualmente, saiba que a caça com o furão está proibida.

Este animais preferem as redes aos abrigos, para dormirem.

As cores que podem apresentar são: albino (branco com os olhos vermelhos), branco com os olhos negros, pretos, chocolate, champanhe, canela, prateado e tricolor.


Coelhos


Os coelhos (Oryctolaguscuniculus) são animais lagomorfos e começaram a ser criados em cativeiro para produção de carne desde o tempo dos romanos.

No entanto, no século XVI começaram-se a diferenciar as raças e a seleccionar as cores. Três séculos depois, no século XIX, começaram a criar coelhos anões brancos na Europa Oriental, com o objectivo de substituir a pele do arminho para tecelagem e confecção de roupa.

Actualmente há inúmeras raças de coelhos, algumas utilizadas ainda para produção de carne, pele, pêlo, mas também já há alguns que são criados para animais domésticos.

Entre eles estão: bélier ou lop (de orelhas caídas), mariposa (com manchas pretas no dorso branco), angorá (pelo comprido e sedoso), coelho anão (criado com o único propósito de ser animal de companhia por terem menos de 1 kg de peso)


Roedores


Estes animais são pequenos e sociáveis e por isso há imensas espécies criadas para serem animais de estimação., ideais para quem não pode ter cães ou gatos.

A maioria dos roedores não tem raça, dado a sua domesticação ser muito recente e não ter sido feita essa relação.

Os dentes deste animais, tal como nos coelhos, cresce continuamente e por isso é necessário que os desgastem, daí roerem tudo o que encontram.

Os mais conhecidos dos roedores são: Hamsters (actualmente com diferentes raças), porquinhos-da-índia, chinchilas, gerbos (também conhecido como esquilo da mongólia) e degus.



Para além dos animais apresentados acima, existem outros embora pouco comuns, são eles, ratos, murganhos, cães da pradaria, esquilos de Richardson, esquilos coreanos, etc...


Aves


As aves têm sido mantidas como animais de ornamentação há muitos séculos devido à sua beleza e ao seu chilrear. As aves mais frequentes são as da família dos fringilídeos (canário, pintassilgo, tentilhão e verdilhão) e dos psitaciformes (periquito, catatua, papagaio, arara=.

Os fringilídeos são especialmente valorizados pela beleza do seu canto. Quase todas as espécies desta família são passíveis de cruzamento entre espécies entre si (miscigenação), embora o seu cruzamento nem sempre resulte em crias férteis.

Entre as aves domésticas mais comuns temos o canário, pintassilgo e verdilhão, periquito, calopsita ou caturra, agapornis e papagaio-cinzento.



Agora que já conhece os animais exóticos mais comuns e que podem ser adoptados como animais de companhia, se vive num apartamento e não tem tanto tempo como queria para dedicar a um cão ou gato, já pode pensar em adoptar um destes animais domésticos que listamos acima.


Na nossa loja de animais online pode encontrar vários produtos para responder as necessidades destes pequenos animais, visite hoje mesmo a categoria dos pequenos animais aqui.





11 visualizações0 comentário
bottom of page