top of page
  • Foto do escritorPet Land

Artrite nos gatos

Identificar os sinais de artrite em gatos é um desafio para a maioria dos donos de animais de estimação. Por natureza, os gatos são evolutivamente projetados a esconder a sua dor, o que pode tornar quase impossível detectar sinais de que o seu animal de estimação está doente.

À medida que o tempo passa e o seu amigo felino fica mais velho, é fundamental manter a saúde das articulações sob controlo.


Saiba como a artrite felina se desenvolve e quais são os sinais que podem ser observados no seu animal de estimação caso ele apresente esta patologia.



Causas da artrite felina

A artrite ocorre quando a cartilagem de uma articulação se parte, causando atrito anormal na articulação, inflamação, alterações ósseas e dor.

A artrite pode ser causada por inúmeros factores, incluindo trauma de ossos partidos ou ligamentos rompidos, distúrbios de desenvolvimento e aumento do desgaste devido à obesidade ou idade avançada.

A artrite normalmente leva tempo para se desenvolver e lentamente pode mudar o comportamento do seu gato.

Não é surpreendente porque é que os sinais de artrite em gatos muitas vezes passam despercebidos. Estima-se que 90% dos gatos com mais de 10 anos têm osteoartrite, e os números são maiores para gatos com excesso de peso.


Sinais de artrite em gatos

Embora coxear possa parecer um sinal óbvio de artrite em gatos, nem sempre é esse o caso.

De um modo geral, um gato coxear devido a dores nas pernas ou articulações geralmente resulta de trauma de acidentes de carro ou mota, pisado ou pontapeado ou com abcessos devido a mordida de gato. Em vez de coxear, os gatos geralmente apresentam vários sinais discretos que servem para camuflar a sua fraqueza.

Além de confundir os seus donos, é uma estratégia evolutiva com o objectivo de proteger os felinos dos seus predadores.

Porque é que um gato doente se esconde por baixo da cama? Exibir qualquer tipo de dor ou fraqueza a um predador torna o gato um alvo fácil. Assim, os gatos escondem sua dor e sofrimento. Embora os sinais de osteoartrite em gatos possam variar, eles geralmente incluem:

  • Dormir mais e brincar menos

  • Saltar com menos frequência ou não tão alto

  • Relutância em subir ou descer escadas

  • Irritabilidade

  • Limpeza excessiva de áreas afectadas e com dor

  • Problemas na caixa de areia, como urinar fora da caixa

  • Escondem-se com mais frequência

  • Aumento de comportamentos agressivos com outros gatos

Se notar algum desses sinais, então o seu gato pode estar a esconder a dor e é hora de falar com seu veterinário. O seu veterinário fará algumas perguntas e realizará um exame físico.

Também pode recomendar alguns testes laboratoriais para descartar outras problemas que podem causar mudanças de comportamento nos gatos, tais como radiografias (raios-X) para diagnosticar a osteoartrite.


Tratamento da artrite em gatos

Infelizmente não há cura para esta doença progressiva, por isso, se o seu gato for diagnosticado com osteoartrite, o tratamento depende do controlo da doença. A melhor maneira de ajudar o seu gato a manter-se confortável é mantê-lo com um peso saudável. Gatos com excesso de peso apresentam muito mais problemas e dores se tiverem osteoartrite do que gatos em boa forma física.

Pergunte ao seu veterinário qual é o peso ideal do seu gato. Fazer com que um gato com artrite se mexa ajuda a preservar a amplitude de movimento e lubrifica as articulações.

Se o seu gato é motivado por comida, tente mandar biscoitos ou grão de ração para que ele possa mover-se e “caçar” a comida como exercício.

Os gatos com artrite e dor não se querem mexer e por isso, controlar a dor é necessário. Existem boas opções para controlar a dor em gatos, fale com o seu médico veterina´rio, ele recomendará o melhor. Suplementos para articulações também podem ajudar no controlo da saúde das articulações do seu gato. Os ácidos gordos ômega-3 do óleo de peixe são os mais eficazes.

Alimentar o seu gato com uma dieta veterinária que contenha suplementos para as articulações também é indicado.


Faça o que fizer, não deixe o seu gato viver com dores. Com alguns ajustes no seu dia-a-dia, suplementos e alimentação, o seu gato pode ter uma melhor qualidade de vida e desfrutar de muitos anos de ronronar, carinhos e amor.




21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page