top of page
  • Foto do escritorPet Land

Como proteger as patas dos cães do calor?

Até podemos adorar o verão e todos os bons momentos que vivemos com ele, mas alguns aspectos exigem que intensifiquemos o nosso protocolo de cuidados com os animais de estimação. As patas quentes são um dos muitos problemas a serem observados


Sem o conhecimento de muitos, o verão pode ser cruel para as patas do seu animal de estimação.

O pavimento, o asfalto e até mesmo a areia da praia podem queimar patas desprotegidas dos cães.

A temperatura do asfalto pode subir rapidamente e tornar-se muito mais quente do que a temperatura do ar. Poderá não aperceber-se, é claro, já que provavelmente não vai muito longe descalço, mas o seu cão pode facilmente sentir a temperatura elevada do asfalto.

Isso não significa que o seu cachorro tenha que perder toda a diversão do verão. O melhor será optar por evitar tanto quanto possível o chão que sobreaquece muito, como o cimento e asfalto. Mas, evitar este chão, não significa fugir dos exercícios físicos, simplesmente adopte medidas simples para garantir que a tarde no parque ou o dia de praia seja, um bom dia para os dois!


Avalie a situação - Coloque a parte de trás da mão no chão antes de levar o seu cão para uma caminhada. Se está muito quente para manter a sua mão confortável por cinco segundos, então também é muito quente para o seu animal de estimação.


Encontre um caminho alternativo - Prefira um parque com um caminhos, encontre áreas com relva ao longo da rota da caminhada para que o seu cão utilize como alternativa às superfícies quentes. Isso demora mais tempo, mas o seu cachorro vai agradecer por isso. Se tiver um jardim em casa é sempre a melhor opção para brincar nos dias quentes.


Observe o tempo - Se possível, leve o seu cão para brincar muito cedo ou mais tarde. Geralmente é antes das 8h ou depois das 19h. As superfícies externas estão mais frias nessa altura e as queimaduras nas patas dos cães são muito menos prováveis de acontecer.


Utilize sua casa - Se for um dia sufocante e húmido, não é uma boa ideia o seu cachorro (ou você, nesse caso) se exercitar ao ar livre. Além das preocupações com as patas do cachorro, o seu animal de estimação pode sofrer exaustão pelo calor. O seu cão pode exercitar-se da mesma forma treinando em casa. A estimulação mental pode trabalhar a mente do seu cão e cansá-lo. Existem vários jogos, que até são recomendados durante o Inverno quando chove, que pode fazer dentro de casa, como a caça ao biscoito, tug-of-a-war, brinquedos interactivos, ... Estes jogos farão com que seu cão fique cansado, ao mesmo tempo que constrói um vínculo mais forte com sua família.


Invista em botas - Em muitas áreas urbanas, o pavimento quente não pode ser facilmente evitado. Nesse caso, o ideal será comprar um par de botas para cães. se as que tem já estão gastas, pense em renová-las. Se mora na cidade, provavelmente já viu mais do que alguns cães com sapatos! Se o calçado é uma novidade para o seu cão, pratique com as botas em casa para que o seu cão não se sinta desconfortável quando tiver de as usar ao ar livre.


Verifique sempre as patas do seu cão quando regressar a casa - Depois de qualquer saída num período quente, verifique as patas do seu cachorro. Não procure apenas por queimaduras, verifique se existem cortes, espinhos ou detritos entre as almofadas dos pés. Se notar algo que possa ser uma lesão, ou se o seu cão parecer relutante em andar, consulte o médico veterinário. Mesmo se as patas do seu cão não estiverem queimadas ou cortadas, caminhar ao ar livre pode causar patas secas e gretadas (e também cotovelos) conforme a temporada aumenta.

Poderá combater isto tudo com um bom creme canino para essa finalidade, como Inodorina Spray ou Bogacare Bálsamo.


Não se esqueça do seu gato! As patas do gato podem sofrer queimaduras tão facilmente quanto as dos cães, especialmente se frequentarem os espaços ao ar livre. Se o seu amigo felino dá apenas passeios ocasionais no pátio, as patas dele podem ser ainda mais sensíveis ao calor do que as do seu cão, que tiveram a oportunidade de fortalecer nos seus passeios regulares. Nesse caso, todos os mesmos cuidados devem ser tomados com as patas dos gatinhos. Se o gato é principalmente um gato de passeios ao ar livre, então ele aprendeu quais são as superfícies que aquecem mais e não deve pisar. Uma tarde quente e ensolarada não é o momento certo para incentivar um gato doméstico a visitar o espaço ao ar livre pela primeira vez. Os gatos também podem ficar exaustos pelo calor.


Mantenha os animais hidratados, deixe sempre muita água à disposição.

Os animais podem sofrer golpes de calor durante o período em que as temperaturas estão altas, esta é uma das urgências mais comuns em hospitais veterinários, saiba como identificá-la aqui.




71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Komentarze


bottom of page