top of page

Impactos na microbiota dérmica canina associados a banhos repetidos

Alguns cães operam em condições ambientais que podem exigir banhos diários para remover contaminantes ou sujidade.



Os impactos dos banhos frequentes ou repetidos na microbiota dérmica canina eram desconhecidos até então. Um estudo realizado pelo Departamento de Ciência Animal, Alimentos e Nutrição da Universidade do Sul de Illinois caracterizou as alterações nas populações microbianas dérmicas caninas após banhos diários repetidos.


Segundo o estudo realizado, banhos repetitivos tiveram um impacto significativo na microbiota residente na pele canina. Destas alterações há um aumento de Staphylococcus, que já foi associado à dermatite atópica e das quais em alguns casos podem intervir na saúde humana.


Além disso, os dados revelaram uma relação até agora inexplorada entre alterações na microbiota e na condição da pelagem e nos níveis de caspa. Estas associações sustentam que é possível que alterações na microbiota dérmica possam ser observadas visualmente através de alterações nas avaliações da caspa e do estado da pelagem.


Por isso, se costuma dar banho frequentemente ao seu cão, informe-se com o seu médico veterinário qual a frequência indicada. Se o seu cão tem algum problema de pele ou alergias, escolha o shampô adequado.


Na nossa loja de animais online pode encontrar vários produtos para dar banho ao seu cão, clique aqui.



33 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page