top of page

O meu cão coça-se muito

Por norma, os cães coçam-se para cuidarem de si próprios, eliminar sujidade ou parasitas. No entanto, se o seu cão se começou a coçar mais do que o normal ou durante vários dias, pode ser um sinal de que algo não está bem.



Os cães podem ser alérgicos a vários estímulos, como parasitas ou alimentos, mas importa perceber se o seu cão está a ter uma reação alérgica e ficar atento aos sinais.


Quais são as causas mais comuns da comichão em cães?


1 - Presença de parasitas ou alergia à picada da pulga

Pulgas, carraças e ácaros são parasitas comuns que podem causar comichão intensa nos cães. Eles podem morder ou irritar a pele do cão, levando-o a coçar-se para aliviar o desconforto.

Além disso, alguns cães podem ter Dermatite alérgica à picada da pulga (DAPP) que se define como uma hipersensibilidade (reação alérgica) aos componentes da saliva da pulga e é uma dos problemas de pele mais comuns em cães.

  • Sinais comuns de DAPP - para além da comichão, os cães podem também morder-se e arranhar-se nas áreas afectadas, causando feridas, rostas e irritações na pele.; - perda de pêlo na zona afectada e pele vermelha e inflamada; - infecções secundárias como resultado da irritação da pele e quebra da berreira cutânea devido a infecções bacterianas; - alteração de comportamento como irritabilidade, inquietação ou falta de vontade de se mexerem devido ao desconforto causado pela alergia.


2 - Alergias a estímulos externos ou alimentos

Assim como nos humanos, os cães podem ser alérgicos a uma variedade de substâncias, como pólen, alimentos, produtos químicos domésticos ou materiais como lã ou plástico. Essas alergias podem causar comichão na pele do cão.

  • Quando o cão tem alergia a algum alimento, os sinais mais comuns são: - para além da comichão, podem surgir erupções cutâneas, vermelhidão, inflamação, feridas, infecções de pele e até mesmo perda de pêlos; - infecções de ouvido recorrentes; - problemas gastrointestinais como diarreia, vômitos, flatulência e dores abdominais; - inflamação das glândulas anais que pode causar desconforto e lambedura excessiva da área anal; - comportamento anormal, em alguns casos, os cães com alergias alimentares podem exibir mudanças de comportamento, como irritabilidade, letargia ou falta de apetite.


3 - Problemas de pele como a dermatite atópica

Infecções fúngicas, bacterianas ou virais, como dermatite, micose ou sarna, podem causar comichão intensa na pele do cão. A dermatite atópica é também um dos problemas de pele mais comuns em cães e de caráter inflamatório, crônico e multifatorial, neste momento é um dos maiores desafios da medicina veterinária.

  • Sinais comuns de dermatite atópica: - para além da comichão que pode provocar lesões na pele, incluindo vermelhidão, inflamação, feridas abertas, crostas, espessamento da pele e até mesmo perda de pêlos, os cães podem apresentar infecções secundárias sendo mais propensos a desenvolver infecções bacterianas e fúngicas secundárias na pele; - orelhas inflamadas: muitos cães com dermatite atópica também apresentam inflamação crônica das orelhas, o que pode levar a infecções de ouvido recorrentes; - lambidas excessivas nas patas: alguns cães com dermatite atópica podem lamber excessivamente as patas como uma forma de aliviar a comichão; - esfregar o focinho ou o corpo em móveis ou tapetes para tentar aliviar a comichão; - agravamento sazonal: a dermatite atópica em cães pode piorar durante certas épocas do ano, dependendo da presença de alérgenos ambientais, como pólen de plantas.


4 - Ansiedade ou stress

Os cães podem coçar-se excessivamente como um comportamento de alívio do stresse ou ansiedade, nestes casos é importante perceber o que está a stressar o seu cão ou levá-lo a um treinador profissional em comportamento animal.


Como posso saber se o meu cão está com algum problema associado à comichão?

Se o seu cão se começou a coçar mais do que o habitual, importa perceber se houve alguma mudança nos últimos dias.

Há presença de parasitas em casa ou no pêlo do cão? O cão está protegido contra esses parasitas?

Existem outros sintomas associados à comichão, como diarreia, infecções ou mudança de comportamento?

É importante consultar o médico veterinário para fazer um despistes às doenças de pele mais comuns ou para poder ser aconselhado a escolher um alimento adequado como uma dieta de eliminação.


Existem vários alimentos que podem ser utilizados como dieta de eliminação para perceber se a comichão do cão está associada a um intolerância alimentar.


Na nossa loja online pode encontrar várias marcas de ração com dietas para cães com alergias alimentares. Clique aqui e conheça as gamas disponíveis.

40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page