top of page
  • Foto do escritorPet Land

Os cães também têm diabetes?

Diabetes, uma doença causada pela incapacidade para produzir ou utilizar eficazmente a insulina de que o corpo necessita. Será que os cães também têm diabetes?



A resposta é : SIM! Os cães também podem desenvolver diabetes, assim como os seres humanos.


O que é a diabetes?

A diabetes em cães é uma condição metabólica em que o corpo não consegue produzir insulina suficiente ou não consegue utilizá-la eficazmente.

A insulina é uma hormona produzida pelo pâncreas. À semelhança do que acontece no corpo humano, o organismo do seu cão utiliza a insulina para extrair a glicose (açúcar) do sangue, utilizando-a para obter a energia de que necessita.

Se o seu cão tiver diabetes, isto significa que o seu corpo é incapaz de produzir ou utilizar a insulina e, consequentemente, os níveis de açúcar no sangue são demasiado elevados. Além disso, também não terá a energia de que necessita para fazer a sua vida normal.


Quais os tipos de diabetes em cães?


  1. Diabetes Mellitus Tipo 1: Neste tipo, o corpo do cão não produz insulina suficiente. Isso pode ser devido a uma destruição das células produtoras de insulina no pâncreas.

  2. Diabetes Mellitus Tipo 2: Neste tipo, o corpo produz insulina, mas as células não respondem adequadamente a ela. Isso é chamado de resistência à insulina.



Quais são os principais sintomas da diabetes?


Os sintomas comuns de diabetes em cães incluem:

  • Aumento da sede e da micção;

  • Perda de peso inexplicada;

  • Fome excessiva;

  • Fraqueza ou fadiga;

  • Cataratas (em casos avançados).



Quais as raças mais afectadas?


A diabetes em cães pode ocorrer em qualquer raça, mas algumas raças parecem ter uma predisposição genética maior para desenvolver esta condição. Alguns factores genéticos podem aumentar o risco de diabetes em certas raças caninas.


Algumas dessas raças incluem:

  • Samoyedo

  • Dachshund (Teckel)

  • Poodle

  • Keeshond

  • Golden Retriever

  • Schnauzer Miniatura

  • Bichon Frisé

  • Labrador Retriever

  • Cocker Spaniel

  • Pinscher Miniatura


É importante notar que cães de qualquer raça, incluindo os rafeiros, podem desenvolver diabetes. Além da predisposição genética, outros factores, como idade, obesidade e problemas hormonais, também podem contribuir para o desenvolvimento da diabetes em cães.



Como é feito o diagnóstico da diabetes?


O diagnóstico de diabetes em cães geralmente envolve exames de sangue para medir os níveis de glicose no sangue e, às vezes, outros testes para avaliar a função do pâncreas.

O tratamento para cães com diabetes geralmente inclui a administração de insulina por meio de injecções. Além disso, uma dieta especial pode ser prescrita para ajudar a controlar os níveis de glicose. O controlo adequado da diabetes em cães requer cooperação próxima com um veterinário, monitorização regular dos níveis de glicose e ajustes no tratamento conforme necessário.



Importância do diagnóstico atempadamente


Na eventualidade de verificar no seu cão algum destes sintomas, consulte o seu veterinário para um exame completo. Se o seu cão for diabético, terá que ser tratado com insulina durante toda a vida. No entanto, com exercício diário e uma dieta correta, assim como a insulinoterapia adequada, o seu cão poderá ter uma vida normal e a sua esperança média de vida será semelhante à de um cão saudável da mesma raça.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page