top of page

Os cães transpiram?

Transpirar é uma das funções mais importantes do nosso organismo para a termoregulação. Mas será que os cães transpiram da mesma forma que nós, seres humanos? Neste artigo abordamos este tema, que é um dos mais pesquisados pelas tutores de animais de estimação.



A termorregulação é um processo fundamental para manter a temperatura corporal em índices equilibrados e, com isso, manter a homeostase do organismo. Este processo fisiológico consiste na regulação da temperatura corporal e é fundamental para que ocorra a manutenção dos processos biológicos, sendo também, relativamente constante.


A termoregulação também ocorre em cães e gatos mesmo com as instabilidades e variações da temperatura do ambiente.


Os cães e gatos são animais endotérmicos e, por isso, possuem mecanismos de adaptações comportamentais, anatômicos e fisiológicos que visam manter a temperatura corporal em níveis satisfatórios, de forma a conseguirem fazer a sua termoregulação.


Eles praticamente não transpiram como os seres humanos, pois não possuem grandes quantidades de glândulas sudoríparas pelo corpo, tendo a presença destas estruturas em menor quantidade e apenas na região dos coxins (almofadas de tecido grosso localizadas nas patas e que ajudam a absorver choques e proteger as articulações durante a locomoção).


Por isso, se achas que o teu cão não transpira, estás engano, a resposta é, sim, os cães transpiram, apesar de ser de forma diferente de nós. As glândulas sudoríparas das almofadas das patas, permite-lhes libertar algum calor. Contudo, a principal forma que os cães utilizam para regular a sua temperatura corporal e arrefecerem é através da respiração ofegante, utilizando a boca para fazer a troca de calor.


Quanto aos gatos, eles não fazem a troca de calor através da boca, por isso se o gato está ofegante ou a respirar de boca aberta pode significar que algo está errado e por isso deverás consultar o médico veterinário, dependendo do problema, e caso não receba a devida assistência, poderá ocorrer hipertermia ou hipotermia e provocar a morte do animal.


Os gatos, utilizam outros mecanismos para regular a temperatura do corpo, assim como os cães:

  • Alteração do padrão do fluxo sanguíneo

  • Termogênese, ou seja, ativação do metabolismo através da contração muscular ou da proteção pelo tecido adiposo

  • Isolamento térmico através dos pêlos e camadas de gordura subcutânea

  • Redução do fluxo sanguíneo para retenção de calor (Vasoconstrição)

  • Aumento do fluxo sanguíneo para a pele, visando auxiliar na perda do calor excedente para o meio externo (Vasodilatação)


Por isso, quando vires o teu cão ofegante, eles está apenas a regular a temperatura corporal, apesar de, nalguns casos, poder estar relacionado com algum desconforto, por norma, quando ele atingir a temperatura ideal, irá abrandar a respiração.

Já o gato, esse não utiliza esse mecanismo de regulação da temperatura, por isso, deverá dirigir-te a um médico veterinário se ele estiver de boca aberta e língua para fora.

Ambos os animais fazem regulação da temperatura pelas almofadas das patinhas.

29 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page