top of page

Raças de cães: American Pitbull Terrier

O American Pit Bull Terrier, frequentemente conhecido simplesmente como Pit Bull, é uma raça pura de cães de porte médio e atléticos oriunda dos Estados Unidos. Desenvolvida no século XIX e reconhecida em 1898 pelo UKC, pertence à família terrier, subdivisão terrier de tipo bull. Neste artigo apresentamos algumas informações sobre esta raça.



O seu aspecto imponente mas ao mesmo tempo dócil, desperta curiosidade a muitos tutores que pretendem adoptar uma raça de porte médio/grande. Apesar de serem considerados uma raça potencialmente perigosa em Portugal, o que define estes belos cães é mesmo o ambiente onde crescem. Aqui estão algumas características e informações sobre esta raça:

  1. Aparência Física: Os American Pit Bulls são cães musculados e atléticos, com cabeças largas e mandíbulas poderosas. Apresentam orelhas erectas ou semi-erectas e olhos redondos. A pelagem é curta e densa.

  2. Personalidade: Quando criados e socializados adequadamente, os Pit Bulls são conhecidos por serem leais, corajosos, e carinhosos. Eles geralmente têm uma natureza afectuosa e podem ser óptimos cães de família.

  3. Energia: São cães bastante enérgicos e requerem exercício regular. Eles gostam de brincar e podem destacar-se em várias actividades, como corrida, caminhada, ou brincadeiras no quintal.

  4. Treino: Os Pit Bulls são inteligentes e respondem bem ao treino positivo. Uma socialização adequada desde cachorrinhos é essencial para garantir que cresçam como cães equilibrados.

  5. História: Originalmente, os American Pit Bull Terriers eram criados para participar em desportos como "bull-baiting" (luta contra touros) e mais tarde "dog fighting" (luta de cães). No entanto, muitos desses cães tornaram-se populares como animais de estimação devido às suas características positivas.

  6. Controvérsias: Infelizmente, a raça Pit Bull enfrentou controvérsias devido a casos isolados de agressão. É importante notar que o comportamento agressivo em cães muitas vezes está relacionado à educação inadequada, falta de socialização, ou treino inadequado.

  7. Regulamentações: Em algumas regiões, as leis podem restringir a posse de Pit Bulls ou impor regulamentações específicas devido à reputação da raça. Entretanto, é fundamental lembrar que o comportamento de um cão é influenciado em grande parte pelo ambiente e criação que recebe durante a sua vida.


Como acontece com todas as raças, é vital abordar o treino e a socialização desde cedo para garantir que o cão se torna um membro equilibrado e bem-comportado da família. Além disso, é importante respeitar as leis e regulamentos locais relacionados à posse de animais.


Saiba mais sobre as raças consideradas potencialmente perigosas em Portugal, aqui.

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page